Corrosão galvânica

O mecanismo de corrosão conduzido pela formação de pilhas eletroquímicas

Um quadro geral da corrosão que tem como mecanismo o contacto elétrico entre dois metais de potenciais eletroquímicos diferentes imersos num mesmo eletrólito, metais de igual potencial imersos em eletrólitos diferentes ou ainda de metais diferentes em eletrólitos diferentes.

 

A corrosão galvânica é um processo eletroquímico em que um metal sofre corrosão preferencialmente em relação a outro quando os dois metais estão em contacto elétrico e imersos em um eletrólito. Esta mesma reação galvânica é explorada em baterias primárias (como as vulgarmente designadas pilhas) para gerar uma tensão. A corrosão galvânica e os seus processos são uma das formas mais comuns e frequentes de corrosão na natureza, bem como uma dos mais destrutivas.

 

A tabela abaixo mostra os graus de corrosão por contacto para diferentes materiais. Onde a corrosão por contacto não puder ser evitada, ela deve ser minimizada através de materiais de vedação isolantes, tintas anticorrosão ou outros químicos não ácidos.

 

Clicar na tabela para aumentar.
corrosao-galvanica-tabela
Mais informação sobre corrosão galvânica aqui: Instituto de Metais Não Ferrosos
Share This: